Ela transformou a dor em arte

Taí uma moça que deve ter sofrido, essa Rupi Kaur.

ARTE-POST-RUPI-KAUR-A

Ela é indiana, mas cresceu no Canadá e é autora desse livro de poesias duras, cruas e cheias de dor e redenção: outros jeitos de usar a boca. O livro fez tanto sucesso que ficou 40 semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times. Chegou ao Brasil esse ano e já está na sexta edição. Já são mais de 1 milhão de exemplares vendidos pelo mundo.

ARTE-POST-RUPI-KAUR-B
“você tinha tanto medo da minha voz que decidi ter medo também”

Tem alguns que são verdadeiros socos no estômago em forma de poemas curtos e ilustrações também feitas pela própria Rupi. No livro ela fala de violência, de relacionamento abusivo, de uma auto-estima destruída, mas também de cura e empoderamento. Eu comprei quando estava indo viajar de Floripa pra SP em junho e devorei no avião mesmo. Antes de chegar na capital paulista já tinha chegado ao fim. Mas desde então, já li outras duas vezes, pq esse não é o tipo de leitura que se absorve facilmente. Enfim, é o tipo de leitura obrigatória pra todo mundo.

ARTE-POST-RUPI-KAUR-C
“você tinha uma beleza tentadora, mas quando cheguei perto me feriu”

Você pode seguir a Rupi no instagram. Aproveita e segue o Instagram da Santa Ignorância também! 😉

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com

Up ↑

%d bloggers like this: